MAR inaugura na próxima quarta-feira, 24, Projeto de Ocupação dos Pilotis

De Instituto Odeon em 19 de julho de 2019


Proposta arquitetônica e cromática do pavimento térreo do museu será apresentada ao público com show do cantor Gigante César, apresentação dos DJs do Prazer Som Sistema, atividades para o público infantil e intervenção de passinho com o grupo Poesia dos Pés.

Na quarta-feira, 24 de julho, o Museu de Arte do Rio, sob a gestão do Instituto Odeon, inaugura o Projeto de Ocupação dos Pilotis, uma proposta arquitetônica e cromática que visa a ressignificação do pavimento térreo do museu, construído há seis anos. Com apoio financeiro do BNDES, o POP MAR surge do entendimento deste espaço como área potencial de sensibilização, mobilização e atração de novos públicos, abrigando ações complementares não contempladas pelas exposições. 

“Muito mais do que mostruário de obras de arte e de coleções, os museus têm uma função de ativação social e cultural muito grande. O MAR, enquanto museu contemporâneo, não poderia deixar de olhar para esse espaço como uma plataforma potencial das suas próprias ações. A ideia é criar um espaço de convergência e de convivência, onde as pessoas possam se encontrar, usufruir e permanecer”, conta Eleonora Santa Rosa, diretora executiva do museu e idealizadora do projeto.

O projeto arquitetônico desenvolvido por Israel Nunes tomou forma a partir de escutas que o museu promoveu com jovens de 14 a 20 anos, de diversas regiões do Rio de Janeiro. “Dessas conversas emergiu a ideia de colorir os pilotis do museu e torná-lo um lugar mais acolhedor. Essa nova paleta de cores também servirá para sinalizar o fluxo interno do museu, como localização de banheiros, pavilhão de exposições, elevadores e bilheteria, dividindo os pilotis em quatro praças”, explica o arquiteto.

A Praça do Encontro, localizada ao lado guarda-volumes, e ponto de encontro entre o público das visitas mediadas e os educadores, ganhará novas cores. A Praça Viva o MAR, ao lado da bilheteria, receberá novo mobiliário. Próximo ao Café e à loja estará a Praça de Convivência, o público terá à disposição mesas que contam com pontos de energia e portas USB para carregamento de dispositivos eletrônicos.  Ao longo do muro-vidraça que separa o MAR da Praça Mauá estará o Deck Marítimo, uma peça de madeira com 29 metros de comprimento que funcionará como banco coletivo. Todo o espaço contará com serviço de WiFi gratuito.

A nova sinalização também irá identificar as obras já presentes nos pilotis, como a escultura “Maria Callas”, de Amilcar de Castro, o trabalho “A história do negro é uma felicidade guerreira”, de Jaime Lauriano, a maquete desenvolvida pelo Projeto Morrinho e a bandeira do artista Marcos Chaves no mastro do prédio. A ideia é que, além destes trabalhos, a cada mês uma peça diferente do acervo MAR esteja em exibição no local, fazendo um trabalho de provocação com o público. 

Outro objetivo do projeto é expandir para os arredores e delimitar o espaço do museu na Praça Mauá, deixando claro os seus locais de acesso, com intervenções na entrada da Avenida Venezuela, que anteriormente não tinha nenhuma sinalização, e a entrada da Avenida Rodrigues Alves, próximo à parada do VLT.

O POP MAR segue na esteira do bem-sucedido TransBorda, estrutura de metal em forma de arquibancadas, escorregas e trepa-trepas criada pelo Estúdio Chão, que ocupou os pilotis do museu de setembro de 2018 a julho de 2019. “Essas ações são, sobretudo, lúdicas, de gentileza urbana. Após o sucesso do TransBorda, o POP MAR traz um museu mais colorido, mais jovial, com beleza, leveza e agradável para todas as idades”, finaliza Eleonora Santa Rosa.

Inauguração terá atividades para o público infantil, DJs, show e Passinho

O evento de abertura, com início às 14h, contará com uma programação cultural que inclui atividades para o público infantil, DJs, show e intervenção de Passinho. A programação tem início com uma performance da Palhaça Amora, que utiliza o improviso para se aproximar do público infantil e faz uso de múltiplas brincadeiras para potencializar sorrisos e afetos, sempre acompanhada de suas bolhas de sabão gigantes. Às 16h30 e às 19h, os DJs do Prazer Som Sistema (Susana Guardado – Sugu, Cacá e Rita), projeto satélite da festa Prazer é Poder, se apresentam. O artista e cantor pernambucano Gigante César, comandante do coletivo e bloco carnavalesco Bunytos de Corpo, completa o time às 18h, trazendo o seu Sucesso Repentino, miscelânea de ritmos, que vão do tecnobrega ao samba de coco, encenações e coreografias. A programação cultural do POP MAR ainda receberá intervenção de passinho do grupo carioca Poesia dos Pés, marcada para às 17h.

PROGRAMAÇÃO:

15h – Performance Palhaça Amora
16h30 – Apresentação Prazer Som Sistema
17h – Intervenção de Passinho com o grupo Poesia dos Pés
18h – Show de Gigante César 
19h – Apresentação Prazer Som Sistema